Governo do Estado de São PauloIPEM-SP

Você está em : Home Notícias de 2010 Ipem autua 16 caminhões que transportam produtos perigosos em três rodovias estaduais de São Paulo

Ipem autua 16 caminhões que transportam produtos perigosos em três rodovias estaduais de São Paulo

Imprimir E-mail
Sex, 21 de Maio de 2010 00:00


Nesta sexta-feira (21/05), equipes de fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, autuaram 16 (41%) dos 39 veículos fiscalizados que transportavam produtos perigosos em rodovias estaduais nas regiões de Bauru, Paulínia e Guarulhos. Nesta operação foram apreendidos 12 Certificados de Capacitação para o Transporte de Produtos Perigosos do veículo (Cipp), documento obrigatório para o exercício da atividade.

 

Na Rodovia Engenheiro João Torsello (SP 157), km 77, em Mogi Mirim, os fiscais autuaram cinco caminhões, dos 10 que transportam produtos perigosos, e apreenderam quatro certificados de capacitação. Neste caso, as principais irregularidades foram extintores de incêndio descarregados, pneus cortados e deformados, e problemas nos sistemas de direção, iluminação, sinalização e suspensão, além da longarina (estrutura que sustenta o veículo) trincada.


Na Rodovia Miguel Jubran (SP 333), km 450, em Florínea, região de Bauru, dos 13 veículos vistoriados, seis foram autuados e tiveram o certificado apreendido. As principais irregularidades encontradas foram vazamento de carga, problemas nos sistemas de suspensão e de sinalização e pneus em mau estado.


Na Rodovia dos Tamoios, km 22, em Jambeiro, próximo a Guarulhos, os fiscais do Ipem-SP verificaram 16 caminhões, dos quais cinco foram autuados e dois tiveram o Cipp apreendido. Além do vazamento da carga pela tampa de enchimento, também foram encontrados extintor de incêndio inadequado, longarinas do chassi com corrosão generalizada e pára-brisa trincado.


A fiscalização tem como objetivo prevenir acidentes, proteger o cidadão, o patrimônio e o meio ambiente, verificando as condições de manutenção e segurança dos veículos e respeitando os regulamentos técnicos estabelecidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).


Com apoio da Polícia Rodoviária, cerca de 400 itens do caminhão e do tanque são examinados pelos fiscais, entre eles: sistemas de iluminação e sinalização luminosa, freios e direção, além da suspensão, transmissão e pneus. Nos tanques são verificadas as tampas, válvulas, sistema de carregamento e descarregamento, fixação e conservação, existência de trincas, corrosão e vazamentos, todos diretamente relacionados à segurança do transporte.


Os proprietários dos veículos autuados têm 10 dias para apresentar defesa à Procuradoria Jurídica do Ipem, que definirá multa que pode variar de R$ 100 a R$ 50 mil. Esse prazo também é dado para que os caminhões compareçam ao Posto de Verificação do Ipem-SP com todos os problemas corrigidos. Caso isso não seja feito, estão sujeitos a uma segunda autuação. Para conseguir um novo Cipp, o veículo deverá passar por um Organismo de Inspeção Veicular acreditado pelo Inmetro.


São considerados produtos perigosos: produtos químicos, ácidos, gases inflamáveis e tóxicos, líquidos inflamáveis, gasolina, álcool etílico carburante, óleo diesel, querosene e combustível de aviação, que por suas características, podem colocar em risco a segurança do transporte, meio ambiente e saúde.


Balanço


Até abril deste ano, o Ipem-SP fiscalizou 941 veículos-tanque em 43 operações, dos quais 343 foram autuados por irregularidades e 220 tiveram o certificado de inspeção apreendido. Em 2009, foram 3.317 veículos-tanque inspecionados em 155 operações realizadas em rodovias estaduais. Foram aplicados 1.055 autos de infração e apreendidos 612 certificados de inspeção.


Em 2009, os postos do Ipem-SP fiscalizaram 3.317 veículos-tanque transportadores de produtos perigosos a granel, em 155 operações realizadas em rodovias estaduais. Foram aplicados 1.055 autos de infração e apreendidos 612 certificados de inspeção, documento que permite que o veículo exerça a atividade.

 

Acompanhe o Ipem-SP nas redes sociais: Twitter, Flickr e Facebook

 

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre diversos assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800-0130522, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou via e-mail: ouvidoria@ipem.sp.gov.br


CORONAVÍRUS
(COVID-19)

INFORMAÇÕES AOS SERVIDORES. Acesse aqui.


 

Secretaria da Justiça e Cidadania

Site desenvolvido pela Assessoria de Comunicação e pelo Departamento de Tecnologia da Informação do Ipem-SP
© 2013 - Todos os direitos reservados..