Governo do Estado de São PauloIPEM-SP

Você está em : Home Notícias de 2010 Veículos não oferecem segurança para motoristas e passageiros, segundo primeiros testes da Latin NCAP

Veículos não oferecem segurança para motoristas e passageiros, segundo primeiros testes da Latin NCAP

Imprimir E-mail
Seg, 18 de Outubro de 2010 00:00


Superintendente do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, Fabiano Marques de Paula, fez parte da mesa de abertura do lançamento do Latin NCAP, Programa de Avaliação de Carros Novos na América Latina, nesta segunda-feira (18/10).

 

No evento foram divulgados os resultados de testes de colisão realizados em nove veículos que foram submetidos à rigorosa avaliação, conforme experiência de outros NCAP do mundo. Participaram dos testes nos modelos com e sem airbags: Toyota Corolla XEi; Chevorlet Meriva GL Plus, Fiat Palio ELX 1.4; e Peugeot 207 Compact 5p 1.4; além do veículo chinês Geely CK 11.3. Segundo a Proteste Associação de Consumidores, os testes indicaram que não há segurança veicular para motoristas e passageiros nos países latino-americanos e há baixo grau de proteção às crianças nos banco traseiro.


O Geely teve o pior desempenho no "crash test" e não ganhou estrelas do programa ( o máximo são cinco) no item segurança para adultos ocupantes e duas estrela na classificação para crianças. A orientação do Latin NCAP é de que esse carro, que ainda não chegou ao Brasil, não seja importado para venda por aqui.



Convidado pela Proteste, parte do Conselho Consultivo do Ipem-SP, Fabiano explicou que o órgão é responsável pela fiscalização da qualidade de produtos automotivos como pneus, extintores de incêndio e cadeirinhas para crianças e fez uma sugestão ao Latin NCAP. "Por ser um órgão normativo federal, acredito que o Inmetro deva se integrar ao programa no Brasil, inclusive com seus laboratórios para os testes"

 

Para a coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci, os resultados dos testes devem estimular a busca de melhores níveis de segurança para os carros pelo consumidor. "O ideal seria que o kit básico de segurança viessem de fábrica nos veículos e não apenas como itens opcionais para compra".


Os testes foram apresentados em vídeo durante o evento, depois de uma videoconferência com o evento em Montevideo. Em São Paulo, além de Fabiano, e Maria Inês, participaram: representante do Ministério dos Transportes, Rone Evaldo Barbosa , secretário geral Euro NCAP, Michiel Van Ratingen, - André Martins, representante do Denatran, e o especialista em segurança veicular Latin NCAP, Jean Marie Mortier, do Latin NCAP.


Existem hoje seis NCAPs no mundo. São eles: Europa NCAP, Estados Unidos NCAP, Japão NCAP, Coréia NCAP, China NCAP e Austrália NCAP. Além do Latin NCAP está sendo desenvolvido o Indian NCAP.


O resultado completo está no site da Proteste.

 

Acompanhe o Ipem-SP nas redes sociais: Twitter, Flickr e Facebook

 

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre diversos assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800-0130522, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou via e-mail: ouvidoria@ipem.sp.gov.br


CORONAVÍRUS
(COVID-19)

INFORMAÇÕES AOS SERVIDORES. Acesse aqui.


 

Secretaria da Justiça e Cidadania

Site desenvolvido pela Assessoria de Comunicação e pelo Departamento de Tecnologia da Informação do Ipem-SP
© 2013 - Todos os direitos reservados..