Governo do Estado de São PauloIPEM-SP

Você está em : Home Notícias de 2009 Fiscalização de produtos pré-medidos é tema de palestra em Santa Catarina

Fiscalização de produtos pré-medidos é tema de palestra em Santa Catarina

Imprimir E-mail
Qui, 13 de Agosto de 2009 00:00


O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, apresenta o trabalho de fiscalização de produtos pré-medidos (medidos sem a presença do consumidor), nesta sexta-feira, 14 de agosto, às 8h30, no Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro-SC), à Rua do Iano, 1791, Nossa Senhora do Rosário, em São José (SC).

 

A palestra será ministrada pelo diretor de Metrologia Legal e Fiscalização do Ipem-SP, Paulo Lopes, que abordará as estratégias da rotina de trabalho da equipe paulista, operações especiais e resultados. "A importância dessa visita é a troca de experiências que faremos com o Imetro-SC. Vamos falar sobre o que fazemos em São Paulo e conhecer também o desenvolvimento da fiscalização de pré-medidos em Santa Catarina".


No encontro participarão o presidente do Imetro-SC, Luiz Carlos Maia, o diretor de Metrologia Legal, Mauricio Martins, e as equipes de fiscalização do órgão.


Operações especiais


A apresentação de Paulo Lopes enfatiza os resultados positivos alcançados pelo Ipem-SP nas operações especiais para fiscalizar produtos pré-medidos. Nessas ações, programadas para todo o ano, 75% dos produtos examinados são alimentícios. "O cronograma planejado um ano antes também pode ser alterado se sentirmos necessidade de realizar uma operação especial extra, quando resultados preocupantes são obtidos em fiscalizações rotineiras, há demandas de órgãos de defesa do consumidor ou reclamações são recebidas por meio de nossa ouvidoria".


Um dos exemplos da estratégia adotada pelo Ipem-SP foi a "Operação Trio", que teve início no ano passado, para combater os três produtos que mais apresentavam irregularidades nas fiscalizações: papel higiênico, pescado congelado e gás de cozinha.


Na primeira operação especial, em setembro de 2008, os resultados dos exames feitos pelo Ipem-SP foram preocupantes: 94,12% dos lotes de pescados congelados estavam com menos quantidade do que o indicado na embalagem; 33,33% dos lotes de papel higiênico estavam com erros nas medidas (comprimento ou largura) e 29,87% dos lotes de botijões continham menos gás do que o anunciado.


Em três meses, a "Operação Trio" conseguiu reverter de forma significativa as irregularidades nos produtos. Em dezembro do ano passado, 12,5% dos lotes de pescado congelado estavam irregulares. No caso do gás de cozinha o índice de irregularidades foi de 9,38% e do papel higiênico, 10,53%. Com o sucesso nos resultados, a operação foi incorporada à rotina de fiscalização do Ipem-SP.


No primeiro semestre de 2009, 472 lotes dos três itens foram fiscalizados e 54 (11,44%) apresentaram irregularidades, confirmando a tendência de queda nos índices de erros.

 

Acompanhe o Ipem-SP nas redes sociais: Twitter, Flickr e Facebook

 

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre diversos assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800-0130522, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou via e-mail: ouvidoria@ipem.sp.gov.br


CORONAVÍRUS
(COVID-19)

INFORMAÇÕES AOS SERVIDORES. Acesse aqui.


 

Secretaria da Justiça e Cidadania

Site desenvolvido pela Assessoria de Comunicação e pelo Departamento de Tecnologia da Informação do Ipem-SP
© 2013 - Todos os direitos reservados..