Governo do Estado de São PauloIPEM-SP

Você está em : Home no ponto de venda

Rotina de Trabalho no Ponto de Venda

Imprimir E-mail

 

No ponto de venda

Consiste, basicamente, na avaliação preliminar e coleta dos produtos pré-medidos disponíveis para o consumo, a fim de serem submetidos ao controle metrológico. Em princípio, todo produto pré-medido é objeto de fiscalização pelo IPEM-SP. Entretanto, dá-se especial atenção aos produtos de maior consumo (produtos da cesta básica) e àqueles que apresentaram maiores índices de irregularidade em verificações anteriores.

Exame formal da embalagem
Verifica-se a correspondência da indicação quantitativa do conteúdo nominal em relação ao estabelecido na legislação. Itens examinados:


> existência da indicação de forma clara;
> atendimento à padronização quantitativa (quando houver);
> vista principal da embalagem;
> tamanho (altura) das letras e números utilizados;
> grafia da unidade (legal) de medição
.


As irregularidades por erro formal são passiveis de autuação.

 

Avaliação Preliminar

 
A rotina da avaliação preliminar é feita no próprio ponto de venda. As equipes técnicas do IPEM-SP separam, aleatoriamente, cinco unidades de um determinado produto, cujo peso da embalagem seja conhecido em função de verificações anteriores. Pesam então essas unidades, delas descontando o peso da embalagem, e estimam assim o seu conteúdo efetivo.

 

Os valores encontrados são então confrontados com o conteúdo nominal do produto, ou seja, a quantidade declarada na embalagem. Em caso de suspeita de irregularidade na quantidade pré-medida, procede-se à coleta de amostra de lote, para posterior controle metrológico nos laboratórios do IPEM-SP.


Para a avaliação de produtos de conteúdos nominais desiguais segue-se tamanhos específicos de amostra, conforme legislação.


Coleta aleatória


Existem produtos que, por suas características de comercialização, exigem condições especiais para a determinação do seu conteúdo efetivo.

É o caso, por exemplo, dos produtos imersos em salmouras ou caldos, dos produtos congelados, dos produtos comercializados em unidade, em comprimento ou aqueles cujo peso estimado da embalagem ainda é desconhecido.


Tais produtos não podem ser submetidos a avaliação preliminar, razão pela qual são coletadas amostras para controle metrológico nos laboratórios do IPEM-SP.


Coleta para exame


Após a emissão do termo de coleta, os produtos coletados são transportados para os laboratórios do IPEM-SP, onde terão seus exames agendados, sendo os responsáveis convidados - em geral, via fax, e-mail ou telegrama - a acompanharem as verificações. A ausência do representante não impede a realização dos exames e não invalida seus resultados. Se o produto for embalado pelo próprio ponto de venda, o exame é realizado no ato da fiscalização.


IMPORTANTE


Informe sempre a indicação da quantidade de produto pré-medido e conheça a maneira correta de indicá-la. Saiba que a inexistência ou forma incorreta de indicação quantitativa pode acarretar a interdição da comercialização do produto e autuação de seu responsável.


A avaliação preliminar é realizada com equipamentos próprios do IPEM-SP ( Kit externo – balança/notebook/impressora).


Observe no termo de coleta a discriminação dos produtos que foram recolhidos para exame no laboratório do IPEM-SP. Utilize a via recebida para solicitar ao fornecedor a reposição do produto coletado.

 

 

 



 

Informações sobre produtos pré-medidos

 

secrets

 

Site desenvolvido pela Assessoria de Comunicação e pelo Departamento de Tecnologia da Informação do IPEM-SP
© 2013 - Todos os direitos reservados