Governo do Estado de São PauloIPEM-SP

Você está em : Home Notícias de 2013 Em Águas de Lindóia, IPEM-SP esclarece empresários do setor hoteleiro sobre classificação oficial por estrelas

Em Águas de Lindóia, IPEM-SP esclarece empresários do setor hoteleiro sobre classificação oficial por estrelas

Imprimir E-mail
Ter, 14 de Maio de 2013 19:11

 

PalestraemAguasdeLindoia

 

 

Na tarde desta terça-feira (14/5), o superintendente do IPEM-SP, Alexandre Modonezi, reuniu cerca de 20 representantes do segmento hoteleiro da cidade de Águas de Lindóia para esclarecer dúvidas sobre o serviço de classificação dos meios de hospedagem. 


"Nosso objetivo é que até 2014, na Copa do Mundo, o Estado de São Paulo concentre o maior número de hotéis com estrelas no Brasil, com pelo menos 50% da rede hoteleira devidamente classificada", explicou Modonezi aos participantes.


A palestra faz parte de uma série de encontros que o IPEM-SP vem promovendo em diversos municípios com o objetivo de sensibilizar o setor quanto a importância da classificação em termos de competitividade e também para a oferta de um referencial confiável ao consumidor.


Desde o início do programa, em 2011, apenas 6 hotéis em todo o Estado receberam a classificação oficial por estrelas.


Os já classificados oficialmente são o Grand Hyatt São Paulo (5 estrelas), Maksoud Plaza Hotel – São Paulo (5 estrelas), Hotel Transamérica - São Paulo (5 estrelas), Sheraton São Paulo WTC (5 estrelas), Hotel Cordialle - São Roque (3 estrelas) e Pousada R. Damania – Guarujá (1 estrela).


Auditoria


Responsável pela auditoria nos meios de hospedagem, o IPEM-SP avalia nos hotéis os requisitos relacionados à qualidade das instalações, atendimento e sustentabilidade do empreendimento, tais como metragem dos apartamentos e banheiros, iniciativas de redução de consumo energético e coleta seletiva de resíduos, quantidade de idiomas falados pela equipe, facilidades para o hóspede, dentre outros itens.


Ao final do processo, é encaminhado um relatório ao Ministério do Turismo atestando se o hotel está apto a receber a classificação oficial por meio de estrelas. Em caso de registros de não-conformidades aos requisitos, o estabelecimento tem até 90 dias de prazo para readequação. A classificação é válida por três anos, com auditoria de manutenção agendada para o 18º mês, e renovável a partir de uma nova avaliação realizada pelo Ipem.


Mais informações sobre como o meio de hospedagem pode aderir ao SBClass (Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem) estão disponíveis no site oficial do programa: http://www.classificacao.turismo.gov.br


IPEM-SP


O IPEM-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e órgão delegado do Inmetro.


Com uma equipe de fiscalização formada por mais de 300 especialistas e técnicos, realiza em todo o Estado de São Paulo operações de fiscalizações rotineiras e especiais em todos os instrumentos de medição (balanças, bombas de combustíveis, etc), assim como em produtos têxteis e de certificação compulsória (capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carros para crianças, etc).


É seu papel também conferir todos os produtos disponíveis no mercado que já vêm com o peso estampado na embalagem.


O consumidor que desconfiar ou encontrar irregularidades em instrumentos de medição, produtos de certificação compulsória ou pré-medidos pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem pelo telefone 0800-013-0522 , de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: ouvidoria@ipem.sp.gov.br.

 

Acompanhe o Ipem-SP nas redes sociais: Twitter, Flickr e Facebook

 

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre diversos assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria: 0800-0130522, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou via e-mail: ouvidoria@ipem.sp.gov.br


CORONAVÍRUS
(COVID-19)

INFORMAÇÕES AOS SERVIDORES. Acesse aqui.


 

Secretaria da Justiça e Cidadania

Site desenvolvido pela Assessoria de Comunicação e pelo Departamento de Tecnologia da Informação do Ipem-SP
© 2013 - Todos os direitos reservados..