IPEM-SP inaugura nova regional de Presidente Prudente

Imprimir
Ter, 06 de Maio de 2014 15:52

presidenteprudente

 

O IPEM-SP inaugurou nesta segunda-feira (5/5) o novo prédio da regional de Presidente Prudente, localizado à avenida Coronel José Marcondes, 1.632, centro do cidade.

 

Além do superintendente do IPEM-SP Alexandre Modonezi e do delegado regional Thirso Marconi, estiveram presentes na cerimônia o secretário adjunto da Justiça Gilberto Nascimento Jr.; o deputado estadual Mauro Bragato; o prefeito de Presidente Prudente Milton Carlos de Melo e o presidente da Câmara Municipal Valmir da Silva Pinto. Compareceram ainda à inauguração o secretário municipal de desenvolvimento econômico Aristeu Penalva; o superintendente regional de trânsito Antonio Rolnei da Silveira e o presidente do Sincomércio Vitalino Crellis.

 

"Certamente as instalações modernas, a ampliação do espaço de trabalho e a facilidade de acesso para o cidadão vão impactar positivamente no atendimento e no desempenho da regional", disse o secretário adjunto da Justiça e da Defesa da Cidadania, Gilberto Nascimento Jr., que representou a secretária Eloísa de Sousa Arruda durante o evento.

Na ocasião, após agradecer a presença das autoridades e funcionários na cerimônia e falar sobre o histórico do IPEM-SP em Prudente, o superintendente Alexandre Modonezi revelou que o número de municípios atendidos pela regional saltará em breve de 58 para 78 cidades.

Para o deputado estadual Mauro Bragato, a nova estrutura da regional será fundamental para atender esta crescente demanda pelos serviços da autarquia no oeste paulista.

Thirso Marconi, delegado regional, observou também que além da demanda adicional de fiscalização, o novo espaço foi essencial para acolher os funcionários admitidos recentemente pelo último concurso da autarquia, que vão integrar as equipes que abrangem toda a região.

Já para o presidente da Câmara Municipal Valmir Silva Pinto, um dos aspectos mais interessantes da regional é a comodidade e a facilidade de acesso. "É uma regional exemplar, como todo prédio público deveria ser: adaptado às normas de acessibilidade, com um ambiente funcional e agradável para atendimento ao público, o que com certeza também impacta na produtividade dos servidores", disse Valmir.